Startup ensina a transformar ideias em negócios rentáveis

Uma boa ideia pode ser o início de um grande empreendimento, mas o caminho até o sucesso quase sempre é longo. Encurtar essa distância é o que oferece uma startup incubada no Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto, localizado no campus da USP. A NewisCool Tecnologia Educacional está colocando esse conhecimento para aperfeiçoar novos negócios diretamente nas mãos de candidatos a empreendedores em um aplicativo para computador ou celular.

Sócio-fundador da empresa e CEO, Luiz Antonio Titton aposta na NewisCool até como saída para diminuir o desemprego no País. O objetivo da startup é de promover o desenvolvimento pessoal através do aprimoramento de competências empreendedoras, promete “colaborar na transformação dos sonhos das pessoas em oportunidades de sucesso.”  

E o apelo de que o “novo é legal (New is Cool)” é levado a sério. Logo no início do curso, os potenciais empreendedores são convocados a aulas nada convencionais. O conteúdo não é transmitido na teoria, mas em atividades interativas, aprendendo na prática. Titton conta que o sistema tem como base a ideia de que o que é ouvido pode ser esquecido e o que é visto pode ser lembrado, mas, o que é aprendido fazendo, fica para o resto da vida. “Desta forma, fazem com que as pessoas entendam qual é o caminho correto e, ao final do curso, o empreendedor já pode ter seu negócio aberto.”

Computadores e celulares são aliados nas atividades que ensinam através de jogos. De acordo com o CEO, a diferença entre o sistema da NewisCool e os divertimentos eletrônicos é que, no final, o único ganhador é o próprio jogador que aprende pesquisa de mercado ao sair a campo logo nas primeiras semanas de jogo. “Os empreendedores devem ir à rua e conversar com as pessoas, perguntar se elas comprariam seu produto, se realmente existe uma demanda de mercado, se o seu produto realmente resolve o problema proposto.”

A plataforma digital aceita qualquer tipo de pessoa – seja jovens que estão no ensino médio ou pós-graduação a pequenos empresários. Todos podem realizar os exercícios e aprender, explorar, discutir e construir conceitos e relacionamentos no contexto do empreendedorismo. O tempo de duração do curso varia conforme o participante. Titton explica que tudo depende das possibilidades e dedicação de cada um ao futuro negócio. “Se o projeto evoluir bem e se o participante não encontrar uma oportunidade ainda melhor do que sua ideia original durante o treinamento, o aluno gastará em média seis meses.”

Ensinar a empreender, empreendendo

O sócio-fundador da NewisCool, Luiz Antonio Titton – Foto: Arquivo Pessoal

O fundador da NewisCool conta que além de empreendedor também foi professor. Chegou a dar aulas de estratégia e inovação na Faculdade de Economia, Contabilidade e Administração de Ribeirão Preto (FEARP) da USP. E foi durante uma aula que a ideia da startup surgiu. Titton  foi questionado por um de seus alunos sobre ainda não ter usado o poder da inovação e empreendedorismo que ensinava. “Foi exatamente aí que decidi parar de dar aula e abrir a minha startup”, lembra.

Ele optou pelo Programa de Aprendizagem Autêntica, método que se baseia em não utilizar, por exemplo, a palavra aluno, “pois nesse processo há um rompimento com o papel de mestre e aluno para aplicações no mundo real percebido como imediato para este participante”. O programa, informa o professor-empreendedor, envolve o conceito de que “um adulto é motivado a aprender novos conceitos e habilidades, além de mudar suas atitudes, porque sente a necessidade de ter sucesso como empreendedor ou ter uma carreira de sucesso com o espírito empreendedor.”

Além dessa característica, ele destaca outro fator na plataforma de ensino, o método de ensino baseado na aprendizagem ativa, conhecida em inglês como active learning. “É o oposto da aprendizagem tradicional em que o aluno fica numa posição passiva, sendo o receptor do conhecimento e sem participação ativa durante o processo de aprender. Nessa forma, o responsável por aprender é o aluno”.

As técnicas de ensino utilizadas, garante Titton, são reconhecidas em todo o mundo desenvolvido e testadas no Vale do Silício em décadas de pesquisa. A inovação vem do valor atribuído à experiência construída no decorrer da vida para o resultado final do empreendimento. “A avaliação autêntica, parte da aprendizagem autêntica, é aquela em que o próprio aluno sabe e não tem medo de saber se domina ou não um assunto. Isso porque não ter dominado o assunto serve para que ele mesmo tome a decisão de ir avante e se aprofunde mais para adquirir o nível de competência que é necessária para o seu momento no seu contexto”, conclui Titton.

Aceleração de primeiro mundo

Em novembro de 2018, a NewisCool passou por processo de aceleração do Founder Institute realizada no Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto. O Founder  é uma aceleradora presente em cerca de 135 cidades de 60 países ao redor do mundo que aproveita as melhores práticas desenvolvidas no Vale do Silício no desenvolvimento de startups. E Ribeirão Preto, com o Supera de Inovação e Tecnologia, agora integra o cenário dos centros das grandes startups.

Titton diz que, com essa aceleração, a NewisCool adquiriu o conhecimento necessário para despontar no mercado internacional. O empresário aposta na plataforma de ensino, lançada no final do mês de novembro, que já conta com cerca de 80 matriculados. A confiança é tanta que estima para 2020 o lançamento da NewisCool na Europa Central e Escandinávia. Esses são os países, segundo o CEO, mais avançados para absorver esse tipo de empreendimento.  

Supera Parque de Inovação e Tecnologia

O Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto é resultado de uma parceria entre Fipase, USP, Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto e Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo. Instalado no campus da USP, o parque abriga a Supera Incubadora de Empresas, o Supera Centro de Tecnologia, a associação do Arranjo Produtivo Local (APL) da Saúde, o Polo Industrial de Software (PISO), além do Supera Centro de Negócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *