Além de Neymar e Griezmann, outros jogadores enfrentaram seus clubes pelo Barcelona

As maiores especulações da janela de transferências europeia são, sem dúvidas, as possíveis chegadas de Neymar e Griezmann ao Barcelona. Ambos não se apresentaram a Paris Saint-Germain e Atlético de Madrid, respectivamente, para o início da pré-temporada, o que alimentou ainda mais os rumores sobre a negociação com clube catalão. Porém, nenhum dos dois é o primeiro a faltar aos treinos gerando conflito e informações divergentes com suas equipes.

Em resposta aos rumores envolvendo o camisa 10 da equipe francesa, Leonardo, diretor esportivo do Paris Saint-Germain, deu entrevista dizendo que houve um contato do Barcelona, mas que o PSG não é vendedor. Além disso, o dirigente confirmou que Neymar quer mesmo deixar o clube, mas seguiu insistindo na dificuldade do negócio, dizendo que não enxerga a equipe catalã na “posição de compradora”.

Neymar em ação pelo PSG — Foto: Reuters

O próprio Barcelona já está acostumado com esse tipo de situação. Antes de Neymar e Griezmman, a equipe da Catalunha viu Fàbregas, Dembelé e o brasileiro Phillipe Coutinho agirem de forma similar para garantir o acerto com o clube.

Fàbregas

Depois de começar nas categorias de base do próprio Barcelona, Fàbregas foi contratado pelo Arsenal antes mesmo de chegar aos profissionais, aos 16 anos. O jogador permaneceu na Inglaterra até os 24 anos e chegou a assumir a braçadeira de capitão dos Gunners, quando o Barcelona iniciou as tratativas para trazê-lo de volta.

Fàbregas em ação pelo Arsenal contra o Chelsea, em 2010 — Foto: Getty Images

Fàbregas em ação pelo Arsenal contra o Chelsea, em 2010 — Foto: Getty Images

Com o interesse de seu ex-clube e uma proposta de aproximadamente £ 27 milhões (R$ 127,9 milhões na cotação atual), Fàbregas deixou de viajar para a pré-temporada do Arsenal, que alegou que o atleta estava se recuperando de uma lesão. A pedida dos Gunners na época era de £ 40 milhões (R$ 189,6 milhões). No fim, a vontade do jogador prevaleceu e a transferência foi concretizada por £ 34 milhões (R$ 161,1 milhões).

Dembelé

O atacante vinha de uma ótima temporada pelo Borussia Dortmund jogando na mesma posição de Neymar no Barcelona e, por isso, foi o primeiro nome da lista dos catalães depois da saída do astro brasileiro. A primeira proposta do Barcelona, que girava em torno de € 100 milhões (R$ 426 milhões na cotação atual), foi rejeitada, mas o jogador viajou para a Espanha para negociar com o clube da mesma forma e acabou suspenso pelos alemães.

Dembélé só saiu do Borussia Dortmund depois de muita insistência — Foto: AFP

Dembélé só saiu do Borussia Dortmund depois de muita insistência — Foto: AFP

Na sequência, Dembelé deixou de comparecer ao treino do Borussia Dortmund, o que acabou por prorrogar a suspensão do atleta. Depois da queda de braço, a equipe auri-negra cedeu e negociou o jogador com o Barcelona por € 125 milhões (R$ 532,5 milhões).

Coutinho

Outro jogador muito cotado para substituir Neymar no Barcelona foi o brasileiro Philippe Coutinho. O meia era um dos principais nomes do Liverpool de Jürgen Klopp, mas depois que os Reds rejeitaram as primeiras propostas do time espanhol, o brasileiro virou alvo da imprensa britânica, que apontou que ele começou a aliviar nos treinos como uma forma de protesto.

Philippe Coutinho com a camisa do Liverpool — Foto: Reuters

Philippe Coutinho com a camisa do Liverpool — Foto: Reuters

Durante a briga entre clube e jogador, Coutinho foi para o banco, e o Liverpool alegou que o atacante estava se recuperando de problemas nas costas. A janela de transferências fechou, e Coutinho foi forçado a permanecer por mais seis meses, fechando com o Barcelona na janela seguinte, por € 145 milhões (R$ 617 milhões).

Outros jogadores que forçaram suas transferências

Mahrez

Deixou o Leicester para se juntar ao Manchester City na temporada 18/19. O jogador deixou de ir treinar e perdeu dois jogos do Campeonato Inglês antes de conseguir a transferência para a equipe de Guardiola por € 67,8 milhões (R$ 288,8 milhões).

Mahrez foi campeão inglês pelo Leicester — Foto: Reuters/Andrew Boyers

Mahrez foi campeão inglês pelo Leicester — Foto: Reuters/Andrew Boyers

Sterling

No início da temporada 2015/2016, Sterling trocou o Liverpool pelo Manchester City em uma transferência que chegou a € 63,7 milhões (R$ 271,3 milhões). Deixou de viajar com o clube para a pré-temporada na Ásia e na Austrália.

Sterling com a camisa do Liverpool: ele deixou de viajar com o clube na pré-temporada de 2015/16 para se transferir para o City — Foto: Reuters

Sterling com a camisa do Liverpool: ele deixou de viajar com o clube na pré-temporada de 2015/16 para se transferir para o City — Foto: Reuters

Tevez

Depois de deixar claro que queria sair do Manchester City, Tevez acabou barrado do time titular em um jogo de Champions League contra o Bayern de Munique. Na sequência, o jogador se recusou a entrar em campo, e o episódio marcou o fim da trajetória do argentino em Manchester. Foi negociado com a Juventus por € 8,1 milhões, apenas um terço de seu valor de mercado na época.

Tevez em ação pelo City, durante clássico com o United — Foto: Getty Images

Tevez em ação pelo City, durante clássico com o United — Foto: Getty Images

Modric

Depois de quase deixar o Tottenham para defender o Chelsea uma temporada antes, Modric finalmente conseguiu se despedir do White Hart Lane e se mudar para o Real Madrid por € 35 milhões. No entanto o meia faltou aos treinos, não viajou na pré-temporada e prometeu não jogar em partidas importantes para convencer o Tottenham a liberá-lo.

Modric e Bale pelo Tottenham em 2011: agora, ambos estão no Real Madrid — Foto: Chris Brunskill/Getty Images

Modric e Bale pelo Tottenham em 2011: agora, ambos estão no Real Madrid — Foto: Chris Brunskill/Getty Images

Bale

Mesmo com uma proposta de € 100 milhões nas mãos, o Tottenham estava relutante em deixar Bale fechar com o Real Madrid. A resposta do jogador foi não jogar duas partidas da pré-temporada, até que conseguiu a transferência por valor recorde na época.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *