Presidente do Cruzeiro admite que se confundiu e diz que pagará a multa contratual de Rogério Ceni

Depois de informar que não pagaria a multa contratual de Rogério Ceni com o Fortaleza, o presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, fez um esclarecimento e afirmou que vai, sim, realizar o pagamento ao clube cearense pela quebra de contrato do treinador.

Por meio da assessoria de comunicação do Cruzeiro, Wagner Pires disse que se confundiu no momento da entrevista ao GloboEsporte.com ao ser questionamento sobre quem pagaria a multa contratual de Rogério Ceni – “pouco menos de R$ 1 milhão”, segundo apurou a reportagem.

Técnico Rogério Ceni estava no Fortaleza — Foto: Camila Lima

Técnico Rogério Ceni estava no Fortaleza — Foto: Camila Lima

Segundo a assessoria do clube, o Cruzeiro vai realizar o depósito ao Fortaleza. Na entrevista anterior, Wagner foi questionado sobre o assunto, sendo inclusive destacada a declaração do presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, que disse ter sido informado por Rogério Ceni que o valor seria pago pelo Cruzeiro.

– A nossa multa contratual e o nosso acordo é com o Rogério Ceni. Eu não intermediei nenhuma situação com o Cruzeiro. Mas o Rogério verbalizou para a gente que o Cruzeiro é quem vai pagar este valor – disse Marcelo Paz.

Na entrevista ao GloboEsporte.com, Wagner Pires chegou a citar a declaração de Marcelo Paz e a ratificar que não iria pagar a multa.

– Ele (Ceni) acertou com o presidente do Fortaleza. O Cruzeiro não vai pagar multa nenhuma. O acerto já foi feito. Eu vi o que ele (presidente do Fortaleza) falou, mas não é bem isso. Fizemos o acerto direto com o Rogério, e ele iria acertar direto com o Fortaleza – informou Wagner Pires de Sá.

O Cruzeiro oficializou a contratação de Rogério Ceni na manhã deste domingo. O treinador assinou contrato até o final de 2020. Ele será acompanhado pelos auxiliares-técnicos Charles Hembert e Nilson Simões, além do preparador físico Danilo Augusto.

Ceni chega a Belo Horizonte no início da manhã desta terça-feira e será apresentado no período da tarde. Ele comanda a equipe na partida contra o Santos, domingo, às 16h (de Brasília), no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *