Substituto de Felipe Melo, Thiago Santos deve mudar característica do Palmeiras na Libertadores

A suspensão de Felipe Melo abre espaço para a entrada de Thiago Santos no time titular do Palmeiras na partida contra o Grêmio, na próxima terça-feira, às 21h30, no Pacaembu, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa Libertadores.

Em entrevista coletiva ainda em Porto Alegre, Felipão indicou que Thiago Santos deve ser o substituto de Felipe Melo. Até porque as outras opções disponíveis (Matheus Fernandes, Jean e Ramires) fazem mais a função desempenhada por Bruno Henrique.

Em características, o Palmeiras até mantém poder de marcação à frente dos zagueiros, ganha em velocidade na cobertura, mas perde em qualidade na saída de bola.

Thiago Santos e Felipe Melo na Academia de Futebol do Palmeiras — Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

Thiago Santos e Felipe Melo na Academia de Futebol do Palmeiras — Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

De acordo com números do Footstats, Felipe Melo tem 90,5% de desarmes certos na Libertadores (19 acertos e dois erros em nove partidas). Ele também lidera entre os palmeirenses o índice de passes (283 acertos), o que indica que muito da ideia de jogo de Felipão na competição sul-americana passa pelos pés do volante.

Na Libertadores, Thiago Santos entrou em campo quatro vezes, mas não atuou por mais de um tempo. Ele foi titular apenas na partida contra o San Lorenzo, na Argentina, quando foi substituído no intervalo. Nos outros jogos, participou no segundo tempo contra Junior Barranquilla, Melgar e Grêmio.

No Campeonato Brasileiro, o volante tem 20 roubadas de bola e 22 faltas cometidas em dez partidas, números superiores aos de Felipe Melo.

Além do jogo contra o Grêmio, na próxima terça-feira, Felipe Melo corre o risco de ficar mais tempo fora do time. Na sexta-feira, ele será julgado no STJD pela expulsão contra o Bahia e corre o risco de pegar um gancho de até 12 partidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *