Guilherme Arana presenteia garoto com chuteira em jogo da Seleção sub-23: “Agora é meu ídolo”

Entre os pouco mais de 5 mil torcedores que foram ao Pacaembu para acompanhar o amistoso em que a seleção brasileira venceu o Chile por 3 a 1, um deles viveu noite ainda mais especial.

Colado no alambrado próximo ao banco de reservas do Brasil, o garoto Felipe ganhou do lateral-esquerdo Guilherme Arana o par de chuteiras que o ex-jogador do Corinthians usou na partida, até ser substituído na etapa final.

Em conversa com o repórter Felipe Diniz após a partida, o garoto explicou que havia pedido a camisa para o lateral do Atalanta, da Itália, mas ouviu que ela já estava prometida a outra pessoa.

Assim, Arana deu um jeito de o garoto não ir para casa com as mãos abanando.

– Vi que ele estava me olhando, pediu a camiseta, estava prometida, dei a chuteira. Lembro quando era criança, a gente não tinha condição boa, meus pais me davam o melhor, mas chuteira é caro, não sei a condição dele, não custa ajudar. Assim como já precisei, pois sempre quis ter uma chuteira, hoje realizo o sonho dele. Faço parte da história dele daqui para frente – disse Arana.

Garoto ganha chuteira de Guilherme Arana em amistoso da seleção brasileira sub-23 — Foto: Reprodução

Garoto ganha chuteira de Guilherme Arana em amistoso da seleção brasileira sub-23 — Foto: Reprodução

Agradecido, Felipe colocou o jogador da seleção olímpica em um novo patamar:

– Agora ele é meu ídolo principal – afirmou.

Arana, em tom de brincadeira, lembro que talvez demore para o garoto usar a chuteira.

–Espero que quando ele crescer e calçar 41, ele faça muitos gols com ela – afirmou.

Guga também deu presente!

Guga, do Atlético-MG, também foi flagrado dando um presente a um torcedor no alambrado do Pacaembu. Um garoto levou o seu par de caneleiras após a partida.

Guga entrega caneleira a torcedor após jogo da Seleção sub-23 — Foto: Bruno Cassucci

Guga entrega caneleira a torcedor após jogo da Seleção sub-23 — Foto: Bruno Cassucci

O Brasil venceu o Chile por 3 a 1, com dois gols de Matheus Cunha e um de Antony. Depois das duas vitórias em amistosos, a Seleção voltará a se reunir em outubro (para mais dois amistosos no Brasil) e novembro (em um torneio em Tenerife, na Espanha, com Argentina, Estados Unidos e Chile). O Pré-Olímpico acontece em janeiro, na Colômbia, onde as vagas olímpicas serão decididas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *