Marta abre o jogo sobre aposentadoria Temos que sentir os sinais do corpo

Escolhida como melhor futebolista do mundo por seis vezes, Marta teve um encontro de craques com Cristiano Ronaldo. As duas estrelas participaram de uma ação publicitária no quadro Desafio do Fred, do canal Desimpedidos. E a camisa 10 da Seleção Brasileira, que tem 33 anos de idade, brincou com o condicionamento físico da companheira Formiga, de 41, e declarou ainda não estar pensando na aposentadoria.

“A Formiga ainda não me contou qual o segredo para, com 41 anos de idade, correr mais que as meninas de 21. Ela já disse que é água de coco, mas isso eu também tomo e não penso em ir até os 41 jogando, calma aí. Mas também não penso em me aposentar ainda. Temos que desfrutar o momento, sentir os sinais do corpo. Ainda me sinto útil, faço as coisas com facilidade, ajudo minha equipe e estou sempre em destaque. Não vejo motivos para parar agora, mas quando Deus quiser”, disse.

Marta ainda explicou como alcançou o status que ocupa hoje no futebol feminino do Brasil. A jogadora do Orlando Pride, dos Estados Unidos, contou que sempre nutriu um espírito competitivo, o que a ajudou a alcançar o patamar atual.

“Sou e sempre fui muito competitiva. Veio naturalmente, a vida me impôs isso. Sempre tive que encarar o desafio e mostrar que conseguia fazer. Então aprendi desde cedo e sempre me manteve motivada, querendo mais, com vontade de ganhar. Era o que eu precisava ser para que meu sonho fosse possível. Sem dúvida foi um dos fatores que me trouxe até aqui”, completou a camisa 10.

A estrela não esteve presente na última convocação da técnica Pia Sundhage, que optou por deixar a meia descansar. A Seleção Brasileira feminina disputa dois amistosos contra o México nos dias 12 de dezembro, na Arena Corinthians, e 15, na Fonte Luminosa, em Araraquara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *