Lucro das estatais federais até setembro cresce 70%

Os 5 principais grupos de estatais (Banco do Brasil, BNDES, Caixa Econômica, Eletrobras e Petrobras) registraram em conjunto lucro líquido de R$ 85,2 bilhões de janeiro a setembro deste ano. O valor é 70% maior que os R$ 50,2 bilhões registrados no mesmo período de 2018.

Os dados (íntegra) foram divulgados nessa 6ª feira (21.dez.2019) pelo Ministério da Economia. Os números mostram que o lucro só nos 9 primeiros meses deste ano já supera o lucro total de R$ 71,9 bilhões dessas estatais em todo o ano passado.

Esses grupos concentram 96% dos ativos do governo federal em empresas públicas. Eis abaixo:

Segundo o levantamento, entre os grupos analisados, o maior crescimento foi verificado no BNDES –o lucro subiu de R$ 6,4 bilhões nos 9 primeiros meses de 2018 para R$ 16,5 bilhões no mesmo período de 2019, aumento de 159,4%.

Outro destaque foi o grupo Caixa. Passou de lucro de R$ 11,5 bilhões nos primeiros meses de 2018 para R$ 16,1 bilhões no mesmo período de 2019.

Eis outros dados do levantamento:

  • endividamento – o estudo mostra uma redução no endividamento das estatais desde 2015, partindo de R$ 544 bilhões na época para R$ 325 bilhões em setembro de 2019;
  • dividendos – houve  aumento no repasse de dividendos pelas empresas, totalizando R$ 16,3 bilhões nos 9 primeiros meses de 2019 contra R$ 11,6 bilhões repassados ao longo de todo o ano de 2018;
  • funcionários – até setembro de 2019, em comparação ao ano de 2018, houve uma redução de cerca de 14.300 pessoas no quadro das estatais;
203 empresas estatais federais estão sob a coordenação e governança do Ministério da Economia

© Reprodução/Ministério da Economia 203 empresas estatais federais estão sob a coordenação e governança do Ministério da Economia

331 comentários em “Lucro das estatais federais até setembro cresce 70%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *