ASSINADO ACORDO COLETIVO QUE REGULAMENTA CARGA HORÁRIA DOS VIGIAS DO MUNICÍPIO

O prefeito Airton Garcia e o presidente do Sindspam (Sindicato dos Servidores Públicos e Autárquicos Municipais de São Carlos e Dourado), Adail Alves de Toledo, assinaram no Paço Municipal, o acordo coletivo que regulamenta a carga horária dos vigias do município.

A categoria é ligada a Guarda Municipal e hoje somente exercem esse emprego 34 vigias lotados em unidades do município. Antes da criação da GM eles eram chamados de guardas noturnos. “São os antigos guardas noturnos que fazem vigilância em pontos fixos, porém a carga horária deles não era consolidada, mas a pedido do Sindicato conseguimos regulamentar fechar em 12 horas, uma vez que entendemos que essa escala é a correta para esse emprego”, afirmou Samir Gardini, secretário de Segurança Pública.

“É a escala dos guardas municipais, 12X36, por um período eles estavam recebendo as horas extras, porém houve um entendimento no processo e os pagamentos foram suspensos. Agora com a assinatura do acordo eles vão ser retomados e quem tiver direito vai rebeber as horas já feitas. Eles voltam a receber hora extra cheia, ou seja, 100%”, explicou o comandante da Guarda Municipal, Michael Yabuki.

De acordo com o presidente do Sindspam essa era uma solicitação antiga da categoria. “O prefeito mais uma vez atende nossas reivindicações e a partir de agora os vigias têm garantida a carga horária de 12h no papel, passando a receber horas extras referentes a pontos facultativos e folgas remuneradas e, inclusive, o pagamento retroativo dessas horas”, agradeceu Adail Alves de Toledo.

Para o prefeito os trabalhadores precisam ter seus direitos reconhecidos. “Tudo que é possível, dentro da lei, vamos fazer pelos servidores. Sempre que o Sindspam me pede alguma coisa chamo minha equipe econômica e jurídica, se pode, não temos porque não atender”, garante Airton Garcia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *