Professor de Harvard fica bilionário com projeto de vacina para Covid-19

As ações da empresa de biotecnologia Moderna chegaram a subir mais de 30% depois que a companhia anunciou testes bem-sucedidos de uma potencial vacina contra a Covid-19. O cresciemento gerou um novo bilionário: Timothy Springer, professor de Harvard, o primeiro investidor pessoa física da Moderna.

Mesmo antes dos resultados iniciais positivos, as ações da empresa já apresentavam alta de 200% no ano até a última sexta-feira (15), em função da notícia de que a Moderna havia começado a testar o projeto de vacina em janeiro e com os avanços na pesquisa, que ganhou até apoio financeiro do governo dos EUA.

Reprodução

Professor Timothy Springer. Imagem: Bloomberg

A empresa é sediada em Massachusetts, onde fica a Universidade de Harvard. Ela nasceu com base na pesquisa de outro professor da universidade, Derrick Rossi. Ele, então, procurou Springer e outros co-fundadores para colocar a companhia de pé. Na época, em 2010, Springer investiu U$ 5 milhoes de dólares (cerca de R$ 30 milhões de reais, na cotação atual) na Moderna; com a alta nas ações, ele tem mais de US$ 1 bilhão (cerca de R$ 6 bilhões) .

Patentes de produtos contra Covid-19

Os 194 Estados-membros da OMS – Organização Mundial de Saúde – aprovaram uma resolução que apoia a possibilidade de quebra de patentes de futuras vacinas ou tratamentos contra a Covid-19, aspecto considerado decisivo para o acesso global igualitário a futuros tratamentos.

Os EUA emitiram um comunicado rejeitando as partes do texto que dizem respeito não só à propriedade intelectual, mas também ao acesso à serviços de saúde reprodutiva e sexual durante a pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a delegação norte-americana em Genebra, as referências à quebra de propriedade intelectual fizeram com que os EUA “se afastassem” desta parte do texto, dizendo que ela “envia a mensagem errada para inovações que serão essenciais na busca por soluções que o mundo inteiro busca”.

Japão e Suíça também se posicionaram ao lado dos EUA, e defendem que a resolução enfatize o papel da propriedade intelectual na inovação científica.

2 comentários em “Professor de Harvard fica bilionário com projeto de vacina para Covid-19

  • 23 de maio de 2020 em 13:43
    Permalink

    hello there and thank you for your information – I have certainly picked up anything new from right here. I did however expertise a few technical issues using this web site, since I experienced to reload the site many times previous to I could get it to load correctly. I had been wondering if your web host is OK? Not that I am complaining, but sluggish loading instances times will sometimes affect your placement in google and could damage your high quality score if ads and marketing with Adwords. Anyway I’m adding this RSS to my email and can look out for much more of your respective fascinating content. Make sure you update this again soon.|

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *